jusbrasil.com.br
5 de Dezembro de 2021
2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região TRT-2 : 0114300-09.2008.5.02.0003 SP

Detalhes da Jurisprudência
Órgão Julgador
17ª Turma - Cadeira 1
Publicação
11/06/2021
Relator
SIDNEI ALVES TEIXEIRA
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

EXCEÇÃO DE PRE-EXECUTIVIDADE. DECISÃO QUE A REJEITA. ADEQUAÇÃO DO MEIO DE IMPUGNAÇÃO.

A exceção de pré-executividade encontra amparo na jurisprudência cível, que é seu berço, sendo cabível em situações restritas relativas à nulidade do título executivo ou a erros materiais, não se prestando para debater questões que possam ser deduzidas por via de Embargos à Execução. Assim, a decisão que rejeita ou não conhece da referida exceção, consoante a hipótese dos autos, reveste-se de caráter meramente interlocutório, não sendo recorrível de imediato, conforme entendimento sedimentado na Súmula 214, do C. TST, pois é cediço que no Processo do Trabalho não cabe recurso contra decisão que não seja terminativa. Diante desses limites, a matéria posta à cognição poderia ter sido renovada em sede de Embargos à Execução, nos termos do artigo 884, da CLT, e não no presente momento -- mutatis mutandi, a decisão que julga procedente a Exceção de Pré-Executividade detém natureza terminativa, hipótese processual que poderia ser impugnada, mediante recurso, pelo exequente. Recurso que não se conhece.
Disponível em: https://trt-2.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/1230630882/1143000920085020003-sp

Informações relacionadas

Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região TRT-2 : 0001941-58.2014.5.02.0019 SP

Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região TRT-2 - Agravo de Petição : AP 1000699-32.2014.5.02.0606 SP