jusbrasil.com.br
19 de Maio de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região TRT-2: 0000040-47.2013.5.02.0033 SP

Detalhes da Jurisprudência
Órgão Julgador
17ª Turma - Cadeira 5
Publicação
10/12/2021
Relator
ALVARO ALVES NOGA
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

PENHORABILIDADE DE SALÁRIOS.

Desde o início da vigência do Código de Processo Civil de 2015, que alterou a previsão normativa quanto aos limites da impenhorabilidade de verbas alimentícias, é possível a penhora de parcelas salariais para pagamento de valores referentes a direitos de mesma natureza, como as verbas trabalhistas, exigidos por meio de execução de título judicial. Cabe destacar o entendimento que predominava na vigência do código anterior, no sentido de que a exceção prevista no art. 649, § 2º, do CPC de 1973 era limitada somente a prestações alimentícias decorrente do Direito Civil, não pode mais prosperar, dada a existência de texto expresso em sentido contrário.
Disponível em: https://trt-2.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/1338549038/404720135020033-sp

Informações relacionadas

Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região
Jurisprudênciahá 2 anos

Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região TRT-4 - Agravo De Petição: AP 0167600-92.2000.5.04.0201

Tribunal de Justiça do Paraná
Jurisprudênciaano passado

Tribunal de Justiça do Paraná TJ-PR - Embargos de Declaração: ED 0043001-53.2019.8.16.0000 Curitiba 0043001-53.2019.8.16.0000 (Acórdão)

Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios TJ-DF: 0718572-30.2019.8.07.0000 DF 0718572-30.2019.8.07.0000