jusbrasil.com.br
22 de Outubro de 2017
    Adicione tópicos

    Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região TRT-2 - AGRAVO DE PETICAO EM EMBARGOS DE TERCEIRO : AGVPET 131200520202008 SP 00131-2005-202-02-00-8

    EMBARGOS DE TERCEIRO. TEMPESTIVIDADE. CONTAGEM DO PRAZO A PARTIR DA CIÊNCIA DA PENHORA "ON LINE".

    Processo
    AGVPET 131200520202008 SP 00131-2005-202-02-00-8
    Orgão Julgador
    3ª TURMA
    Partes
    AGRAVANTE(S): PASTORE DA AMAZONIA SA, AGRAVADO(S): GILMAR TORRES DA SILVA
    Publicação
    10/01/2006
    Julgamento
    22 de Novembro de 2005
    Relator
    MERCIA TOMAZINHO

    Ementa

    EMBARGOS DE TERCEIRO. TEMPESTIVIDADE. CONTAGEM DO PRAZO A PARTIR DA CIÊNCIA DA PENHORA "ON LINE".

    A penhora realizada on line, sobre valores depositados em conta bancária, tem características próprias que não permitem a aplicação literal do disposto no artigo 1.048 do CPC, haja vista que não enseja a ocorrência de arrematação, adjudicação ou remição.Assim, no caso, o prazo para o terceiro impugnar a penhora realizada deve ser de cinco dias, contados a partir da ciência da penhora havida, não sendo válida,para efeito de contagem do prazo, a existência de eventual comunicação realizada pelo estabelecimento bancário, informando da ocorrência de bloqueio em sua conta-corrente, porquanto a penhora é ato formal, sendo necessária a demonstração da efetiva realização e ciência da mesma pelas partes envolvidas na lide, na forma prevista nos artigos 664/665, do CPC. É possível,entretanto, a apresentação de embargos preventivos desde o momento que o terceiro recebe notícia da instituição bancária acerca do bloqueio, visto que representa turbação na posse de seus bens. Logo,tempestivos os embargos de terceiro apresentados.

    Veja essa decisão na íntegra
    É gratuito. Basta se cadastrar.